Guia de arquitetura de projetos inspirados na Bauhaus na America

Black Mountain College
1933
Black Mountain, Estados Unidos

Enquanto a Bauhaus estava fechando suas portas em Berlim, uma escola com um programa educacional semelhante estava abrindo nos Estados Unidos. O Black Mountain College, fundado por John Andrew Rice, Theodore Dreier, Ralph Reed Lounsbury e Frederick Raymond Georgia, era fundamentalmente diferente de outras escolas de design do país. Sua abordagem multidisciplinar lhe garantiu um lugar proeminente na história da arte americana, originando uma verdadeira vanguarda no país.

New Bauhaus, Laszlo Moholy-Nagy / Mies van der Rohe
1937
Chicago, Estados Unidos

A New Bauhaus talvez seja uma das maiores estruturas inspiradas na Bauhaus no continente americano. Após lecionar na Bauhaus de 1923 a 1928, Moholy-Nagy mudou-se para os Estados Unidos, estendendo os ensinamentos da escola para além do oceano e fundando a New Bauhaus. Em meados do século XX, a escola tornou-se parte do Instituto de Tecnologia de Illinois. Ex-membro da Bauhaus, Mies van der Rohe projetou todo o campus do instituto e chefiou seu departamento de arquitetura. Sua estrutura mais notável é o Crown Hall, que se tornou o lar da escola de design em 1955.

Gropius House, Walter Gropius
1938
Lincoln, Estados Unidos

Após fugir da Europa, Gropius e sua esposa se estabeleceram em Massachusetts, quando ele começou a lecionar na Escola de Design de Harvard. A residência em que se estabeleceram foi projetada pelo próprio arquiteto, seguindo os preceitos da Bauhaus. Naquela época, os Estados Unidos ainda não conheciam os princípios da escola e consideravam a casa extraordinariamente bizarra e descontextualizada.

The Alan I.W. Frank House, Walter Gropius e Marcel Breuer
1940
Pittsburg, Estados Unidos

Quando a dupla começou a lecionar na Escola de Design de Harvard foi contratada pelo pai de Frank para construir uma residência familiar. Seu projeto não se limitou apenas à arquitetura em si, mas também aos acessórios e móveis, tornando a residência uma propriedade verdadeiramente única.

Aspen Institute, Herbert Bayer e Fritz Benedict
1949
Washington D.C, Estados Unidos

Em 1945, o empresário de Chicago, Walter Paepcke, entrou em contato com o artista e arquiteto da Bauhaus, Herbert Bayer, que havia projetado e construído uma residência inspirada na escola perto da cidade de Aspen, no vale de Roaring Fork. Ambos imaginaram um lugar onde mentes criativas pudessem se reunir, e Bayer tirou proveito da paisagem circundante, criando uma resposta arquitetônica que a incorporasse.

Arison Hotel, Marcel Breuer
1948
Mar del Plata, Argentina

O hotel, agora abandonado, foi originalmente projetado para reuniões sociais e festas pelo arquiteto húngaro. O edifício modernista é um ícone do movimento na Argentina, distinguindo-se por sua forma curva e janelas panorâmicas.

Fonte: ArchDaily Este artigo é uma colaboração entre o ArchDaily e o Google Arts & Culture. Para mais conteúdo exclusivo da Bauhaus 100, acesse o Google Arts & Culture ou a seção Bauhaus 100 do ArchDaily.

Leave a comment