Primeira Bienal De Arquitetura Com Bambu

As construções e espaços feitos em bambu, são sustentáveis e além disso nos dão a sensação de paz e harmonia. A Primeira Bienal Internacional de Arquitetura de Bambu, foi criada para resgatar o uso de um material, nobre e versátil, quem ganhou esse presente foi o pequeno vilarejo de Baoxi, na China, com dezoito obras utilizando bambus feitas por arquitetos internacionais.

Esses estruturas se integram no vilarejo, dando a impressão de que sempre forma parte da natureza daquele local. O fotografo Julien Lanno, que fez as imagens do local, segundo ele, durante séculos, o bambu foi usado nessas comunidades rurais de muitas maneiras diferentes. Um material de construção com muitas qualidades, que está desaparecendo rapidamente no continente chinês por causa do concreto. A rápida e vasta expansão das novas cidades chinesas anulou muitas formas tradicionais de construção.

Entre os edifícios estão um albergue da juventude, museu de cerâmica e ponte de bambu. O charme da arquitetura contemporânea é uma forma inovadora de incentivar o uso do bambu, realçar sua beleza e preservá-lo na cultura chinesa atual. A tranquila vila tem chamado a atenção de turistas, que querem conhecer e sentir o aconchego deste paraíso escondido.

Todas as imagens são de Julien Lanno.

Leave a comment