Florença- Itália

Vamos contar um pouquinho sobre uma cidade que achamos o máximo, além de trazer uma cultura arquitetônica imensa também pode ser relacionada à moda. O local escolhido foi a cidade de Florença na Itália, escolhemos três obras que transmitem o que a cidade tem de mais bonito.
A primeira dela é a sua marca registrada, a Santa Maria Del Fiore, sua igreja mais imponente, sua construção se iniciou em 1296 efoi concluída e 1436 como projeto de Arnolfo di Cabio, passou pela supervisão de Giotto di Bondone e teve sua cúpula por Filippo Brunelleschi.

Brunelleschi venceu um concurso para projeto da cúpula em 1418, organizado pela empresa administradora dos trabalhos na Catedral,Opera del Duomo. Até hoje ainda existem duvidas sobre como foi possível que a cúpula fosse sustentada tendo um vão livre tão grande. Estudos mostram que até os tijolos foram projetados por Brunelleschi. Em 1436, o Papa Eugênio IV , 140 anos depois do inicio de sua construção consagrou a Catedral.

 

Seguindo para o Palácio Vecchio( Palazzo Vecchio) localizado na Piazza dela Signoria que atualmente é sede da prefeitura do município florentino mais também possui um museu com obras de Michelangelo, Vasari entre muitos outros artistas renomados.

 

Entre os anos de 1504 a 1873, o David de Michelangelo marcou a entrada do palácio , mas depois foi transferida para Galeria da Academia(Galleria dell’Accademia). Atualmente encontra-se uma cópia de autoria de Baccio Bandinelli.
O que poucas pessoas sabem é que na parte direita de sua fachada esta esculpido um perfil que muitos acreditam ser de Michelangelo.

 

 

Por último o Palazzo Pitti, palácio renascentista, na margem do rio Arno. Projetado por Fillipo Brunelleschi, e seu aprendiz Luca Fancelli como residência de Luca Pitti, um banqueiro de Florença. Passou a ser da Família Médici em 1539, como residência.

 

O Palácio Pitti é, atualmente, o maior complexo museológico de Florença. O edifício palatino, tem 32 000 metros quadrados, e está dividido nas várias secções.
A Galeria Palatina com obras da renascença de uma coleção dos Médice, os Apartamentos reais, a Galeria de Arte Moderna com mais de 30 salas, o Museu da Prata, o Museu da Porcelana, Galeria dos trajes com trajes teatrais datados do século XVI, Museu dos Coches com carruagens e transportes usados no século XVIII e XIX. Além do imenso Jardim de Boboli.

 

Com sua longa existência, o Palácio esta em ótimo estado de conservação.

Continuando na cidade de Florença, que além de sua bagagem arquitetônica também traz a moda, tendo dois Museus de artesãos da época que hoje são mundialmente conhecidos.
Começando pelo Museo Gucci, localizado dentro do Palazzo dela Mercanzia, local de um antigo teatro romano. Guccio Gucci fundou em 1921, uma empresa de produtos de couro e uma pequena loja em Florença.

http://www.guccimuseo.com

Por último outro museu muito importante na cidade, o Museo Salvatore Ferragamo, o Palazzo Spini Feroni foi totalmento comprado no ano de 1938 , graças ao sucesso das criações de Ferragamo. O museu mostra suas melhores criações, e os processos que davam origem a elas, o surgimento dos sapatos de salto agulha, como o que era reforçado por metal que ficou famoso por Marilyn Monroe.
Mesmo após sua morte em 1960, após ter realizado seu sonho de ser o criador dos sapatos mais bonitos do mundo, sua família continuou e ainda continua alimentando seu sonho.

http://www.ferragamo.com

Espero que vocês tenham gostado de saber um pouco sobre o que podemos encontrar nessa cidade maravilhosa.

Leave a comment